blog_5_erros_financeiros

5 erros financeiros que podem quebrar a sua empresa

Todos os setores de uma organização são importantes e devem estar organizados, com processos bem construídos. Quando falamos do setor financeiro sem processo ou organização, um alerta vermelho acende. Temos que ter um cuidado muito grande com nossas finanças, pois a ausência de foco gera alguns erros financeiros “clichês” que podem fazer o seu negócio quebrar. Leia abaixo os cinco erros listados aqui.

1 – Achar que o dinheiro da empresa é seu!

Quem nunca soube de um empresário assim? Sim, você, empresário, precisa saber que não é o dono do dinheiro da empresa. O dinheiro que cabe a você é aquele que está dimensionado retirar como seus rendimentos, a título de pró-labore. O ideal é que o empresário se veja como um colaborador qualquer, que recebe salário, benefícios e a participação nos lucros (que claro, só acontece se houver lucros). Tudo isso de uma forma organizada e em datas pré-determinadas porque a empresa precisa de planejamento.

Entender e atender essas premissas leva o empresário a criar a cultura de controlar o seu dinheiro. Além de não se exceder nos gastos e precisar recorrer à conta da empresa para atender suas próprias necessidades com saques fora do previsto. 

Muitos empreendedores acabam confundindo que sua vida pessoal e suas finanças pessoais se remetem unicamente a ele assim como as finanças empresariais se remetem unicamente a empresa. E quando confundem ou misturam isso o que acontece? Sai dinheiro da empresa para pagar despesa pessoal. 

Isso impacta negativamente no caixa da empresa.

Se você retirar dinheiro da empresa para fins pessoais, os valores devem ser contabilizados como pró-labore, para funcionar como um adiantamento, e serem sempre vistos e acompanhados para não exceder a possibilidade da empresa.

2 – Não conhecer o seu nicho de mercado

Nichos de mercado são segmentos ou públicos específicos de mercado, que possuem necessidades para serem exploradas pelos atuais produtos e serviços oferecidos pelas empresas e que estão dispostos a pagar um valor adicional por uma solução que seja melhor e que contemplem as diferenças do grupo.

Quando não conhecemos nosso nicho, não sabemos o que esperar, certo!? Nós precisamos conhecer o mercado que estamos inseridos, conhecer nosso segmento e os produtos ou serviços comercializados. Você sabe claramente como precificar? Sabe se é lucrativo?

E por que isso é tão importante? Porque assim conseguiremos realizar as medições do impacto comercial e financeiro que o caixa terá, com base no mercado de atuação como: prazo médio de venda, compra, produção e volume de estoque.

3 – Contar com dinheiro que não faz parte do caixa

As vezes olhamos para o valor a empresa faturou e começamos a ficar mais encorajados para gastar. Realizar operações de saídas contando com um valor que não está presente para suprir essas operações, é um erro comum e grave.

Devemos trabalhar com projeções, para que possamos nos preparar para o futuro e não para operacionalizar, gastar no presente. Dinheiro presente é aquele que você pode contar no momento de uma ação. Você deve lembrar que venda é diferente de recebimento. Existe a inadimplência e isso faz parte da realidade da maioria dos Negócios.

4 – Não ter planejamento financeiro

Planejamento financeiro é uma ação necessária para um futuro de sucesso na sua empresa. Temos que planejar e organizar nossas operações financeiras, ter clareza sobre os dados para poder definir o direcionamento do dinheiro disponível.

As principais funções do planejamento financeiro são de reconhecer a situação financeira atual da empresa, determinar os objetivos e estudar os meios para a concretização dos objetivos.

5 – Não usar uma solução de Gestão Financeira

Para que possamos organizar as informações financeiras, não misturar nossas finanças pessoais com as da empresa, fazer um bom planejamento financeiro e avaliar esses dados com segurança e assertividade, somente com uma boa solução de gestão financeira. 

As informações estarão centralizadas e se possível, preze por uma solução em nuvem que deixe tudo isso disponível na hora que você quiser e precisar.

Comece hoje a olhar para esses pontos e tomar ações que te levem mais rápido onde você quer chegar com a sua empresa.

Compartilhe este Artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email